... de Pernambuco, do Brasil e do Mundo! Descubra e compartilhe sua natureza.
  1. Mídias
  2. Chironius flavolineatus

Chironius flavolineatus

Publicado por Aléssio F.

no dia 11/06/2023

1212 visualizações

0 comentário

Chironius flavolineatus

Uma nota está vinculada à imagem. Passe o mouse sobre a imagem para exibir a nota.

Escala do sujeito : não informado

Descrição

Serpente da espécie Chironius flavolineatus (Família Colubridae) registrada na beira de uma praia, no litoral norte de Alagoas, no dia 6 de junho de 2023. É uma serpente que pode ser considerada fazendo parte do grupo das cobras cipó. Chironius flavolineatus (Jan, 1863) é caracterizada por uma listra vertebral amarelo brilhante conspícua delimitada anteriormente por preto. A parte ventral é de cor branca ou amarelada sem ornamentação. As fêmeas costumam ser maiores que os machos, podendo atingir até 88 cm, podendo chegar a um metro de comprimento [1]. São conhecidas 20 espécies do gênero Chironius, todas com distribuição Neotropical.

Apresenta uma grande distribuição geográfica no Brasil, ocorrendo em ambientes abertos. Possui hábito semi-arborícola e alimenta-se-se preponderantemente de sapinhos e pererecas [2].

Marcadores do autor

10/10
4/10

Observações

[1Hamdan, B., & Fernandes, D. S. (2015). Taxonomic revision of Chironius flavolineatus (Jan, 1863) with description of a new species (Serpentes: Colubridae). Zootaxa, 4012(1), 97-119.

[2Passos, D. C., Glauss, L. H. A., & Galdino, C. A. B. (2017). Predation of the hylid frog Bokermannohyla alvarengai (Bokermann, 1956) by the colubrid snake Chironius flavolineatus (Jan, 1863) in a montane rocky grassland. Revista Brasileira de Zoociências, 18(1).

Comentar

Quem é você?

Pour afficher votre trombine avec votre message, enregistrez-la d’abord sur gravatar.com (gratuit et indolore) et n’oubliez pas d’indiquer votre adresse e-mail ici.

Inclua aqui o seu comentário

Este campo aceita os atalhos SPIP {{negrito}} {itálico} -*liste [texte->url] <quote> <code> e o código html <q> <del> <ins>. Para criar parágrafos, deixe simplesmente linhas vazias.

Apoie o Portal